Dia Nacional da Cachaça

13 Setembro, 2018 Blog
O Dia Nacional da Cachaça ou simplesmente Dia da Cachaça é celebrado em 13 de setembro. Esta é uma bebida com uma carga simbólica muito grande para a cultura e identidade brasileira. Origem da Comemoração A criação do Dia Nacional da Cachaça foi uma iniciativa do Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), instituída em junho de 2009. Ainda existe um projeto de lei do deputado Valdir Colatto e que foi aprovado pela Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, em outubro de 2010, com o objetivo de oficializar a data. História da Data O dia 13 de setembro foi escolhido em homenagem a data em que a cachaça passou a ser oficialmente liberada para a fabricação e venda no Brasil, em 13 de setembro de 1661. Esta legalização, no entanto, só foi possível após uma revolta popular contra as imposições da Coroa portuguesa, conhecida como "Revolta da Cachaça", ocorrida…

Encontro Gastrô homenageia os melhores de 2018; confira os ganhadores

24 Agosto, 2018 Blog
Ao som do saxofone de Leo Moura, 800 convidados foram recepcionados no Teatro do Minas Tênis Clube para a premiação da Encontro Gastrô – O Melhor de BH 2018. O evento, que ocorreu na noite desta segunda-feira, é uma realização da Revista Encontro, Diários Associados e jornal Estado de Minas. “É um prêmio que nos indica Além de indicar os melhores endereços e profissionais da capital, a mais influente publicação de gastronomia de Minas Gerais tem como principal função fomentar uma das áreas que mais representam a cultura do nosso estado. O setor de alimentação fora do lar gera mais de 800 mil empregos diretos e movimenta cerca de R$ 28 bilhões por ano em Minas. Só na capital, são 22.524 empresas atuando no segmento, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). “É muito estimulante para todos nós, que nos dedicamos o ano inteiro, todos os dias, dentro…

O centenário da caipirinha

16 Agosto, 2018 Blog
O drinque do Brasil: receita puro-sangue manda usar exclusivamente cachaça, de preferência a branca, limão, açúcar de cana refinado e gelo (//iStock) ____________________________________________________________________________________________________________________________________ A caipirinha virou drinque na esteira da gripe espanhola, cujo vírus se espalhou pelo mundo e chegou ao Brasil em setembro de 1918, com os passageiros do navio de luxo inglês Demerara. No ano seguinte, alastrou-se avassaladoramente no país. Matou 35 mil pessoas, entre as quais Rodrigues Alves, nosso 5º Presidente da República, antes de assumir o segundo mandato. Se a gripe espanhola foi a origem, a caipirinha está completando 100 anos de idade ou, então, aproximando-se do centenário. Sua receita primitiva foi usada no interior de São Paulo para combater a pandemia mais letal que a humanidade já enfrentou. Serenada a calamidade, o drinque caiu no gosto do povo e se tornou popular em botequins e comemorações rurais. Alguns atribuem a criação da caipirinha a um…